Fotos: Tiago Queiroz / Estadão

'
'

Os segredos do luxuoso mundo do charuto

Conheça os clubes e tabacarias que se dedicam aos amantes de um hobby caro e (quase) proibido na cidade

É proibido fumar...lá fora! Aqui dentro, o charuto é degustado com classe e prazer. Visitamos o Caruso Lounge, Espaço Quai D'Orsay e outros
Clubes como o Caruso oferecem lounges reservados para o consumo do tabaco (principalmente charutos) em ambientes fechados e longe dos olhares de reprovação
Além da liberdade de fumar, esses clubes se transformaram em locais para reuniões de negócios. Empresários, políticos, operadores do mercado financeiro e advogados estão entre os principais frequentadores
No Caruso, os planos custam de R$ 300 a R$ 1500 mensais. A opção mais cara traz vantagens como reserva de salas, empréstimo de carros de luxo, participação em torneios de pôquer, viagens e muito mais
Os clubes também oferecem cofres climatizados para os associados guardarem seus charutos mais caros. É possível encontrar unidades a partir de R$ 20 – mas o preço pode chegar até R$ 5 mil ou mais
O casal Mário Kendy Miyasaki e Ana Paula Kannink frequenta um clube de charuto. Apesar do perfil prioritariamente masculino, as mulheres estão cada vez mais presentes nesse ambiente
Os charutos mais procurados são os cubanos, mas exemplares da República Dominicana e Nicaraguá também são valorizados. O público iniciante tem dado chance aos produtos nacionais
Priscila Roschel é cigar sommelier e gerente do espaço Quai D’Orsay. Foi trabalhando com purificadores de ar que ela se apaixonou por esse universo. A partir daí, ela se tornaria sócia de uma tabacaria
Esse segmento também movimenta acessórios e outros produtos. As tabacarias vendem cortadores, charuteiras, sachês umidificadores, cinzeiros e maçaricos. Esse é um mercado para os consumidores de uísque, conhaque e rum
O advogado Daltro Borges, 62 anos, frequenta clubes de charuto porque “não é possível fumar em qualquer lugar e porque a filha não gosta que ele fume na varanda de casa”
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde e a Anvisa, tabacarias devem apresentar laudo técnico para atestar o cumprimento de uma série de normas que comprovem o atendimento à legislação
Segundo a diretora do programa de tratamento do tabagismo do Incor, Jaqueline Scholz, o charuto faz tão mal quanto o cigarro – e ele pode ser responsável por lesões e câncer de boca
Clubes de charuto e lojas: Caruso Lounge - Av. Horácio Lafer, 44; Espaço Quai D'Orsay - Tabacaria - Rua Haddock Lobo, 932; Esch Café - Alameda Lorena, 1899; Ranieri tabacaria - Alameda Lorena, 1221

Editor Executivo Multimídia
Fabio Sales

Edição de Fotografia
Clayton de Souza

Fotografia
Tiago Queiroz

Editor Assistente Multimídia
Adriano Araujo

Reportagem
Gilberto Amendola